Feninfra e Sinstal são destaque na luta contra aumento do PIS/Cofins

Feninfra e Sinstal são destaque na luta contra aumento do PIS/Cofins from Sinstal on Vimeo.

Preocupados com a ameaça da receita federal em alterar os regimes do PIS/Cofins para o setor de serviços, os representantes de diversos setores que representam quase a metade dos empregos do brasil, se encontraram nesta quarta-feira ,23, com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

” não conseguimos mais conviver com este nível de tributos. Todos os investimentos realizados serão desfeitos, gerando quebra de empresas e demissão em massa!”, afirmou Vivien Suruagy

Serão atingidos com essa reforma setores como educação, segurança, telecomunicações, engenharia e contabilidade entre outros. Já outros setores, como a indústria, serão pouco afetados.

Independente da reforma, a presidente do Sindicato Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços e Instaladoras de Sistemas (Sinstal), Vivien Suruagy, explica que o resultado líquido dos contratos de prestação de serviços estão entre 1% e 2%. “Se houver alta de alíquota, as empresas terão prejuízo. A ideia de unificação e simplificação é boa, mas somos contrários a qualquer reforma que aumente os tributos. Se ocorrer, 40% das empresas quebram” diz.

No encontro, o presidente da Câmara reafirmou sua postura contrária ao aumento dos impostos e disse que irá pedir ao governo que negocie com o setor antes de enviar qualquer proposta de mudança no regime de PIS/Cofins ao Congresso. “Pedirei ao secretário da receita (Jorge Rachid) que encontre uma alternativa para o setor se serviços”, disse Maia, ao fim da reunião.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>